quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pinturas Especiais no LPMA - Os Laranjas da TUIfly

Naaaa...isto não tem nada a ver com politica, não...
Desta vez vamos falar não de um mas de dois aviões. Dois aviões com a mesma pintura especial. E dois aviões sobre os quais muita gente tem uma opinião errada: a de que são retros. Mas, tecnicamente, não o serão, embora ostentem pinturas especiais.
Confusos? Bom, vamos lá esclarecer isto, então.
Estamos a falar de dois B737-800s da TUIfly: o D-AHLK e o D-ATUF. O primeiro anda a voar com a companhia alemã desde 21 de Dezembro de 2008. O segundo já é um pouco mais antigo - foi entregue à TUIfly (na altura Hapagfly) a 28 de Março de 2006. Mas os dois tem uma pintura branca e laranja que muita gente aceita como uma pintura retro - se bem que há uma palavrinha que aparece inscrita por baixo do HAPAG-LLOYD da fuselagem - ora num, ora noutro - que deita, um bocado, por terra essa teoria: o termo Kreuzfahrten.
A Hapag Lloyd Kreuzfahrten GmbH (HLK) é uma, já muito antiga, companhia de navegação alemã, hoje operando no mercado de navios de cruzeiro. Fazia parte do Grupo Hapag-Lloyd (a que também pertencia a saudosa e histórica antecessora da TUIfly - a companhia aérea Hapag-Lloyd) e hoje é 100% propriedade da TUI AG.
Ora a HLK, complementarmente à sua oferta de cruzeiros, resolveu, em 2008, criar um serviço original, o Kreuzflug: voos de cariz mais executivo e requintado, com ligação aos portos escalados pelos seus navios de cruzeiros permitindo o transporte de passageiros de e até ao navio, no decurso do cruzeiro, ou, até, permitindo pequenas viagens complementares a passageiros executivos durante o cruzeiro - isto para além de oferta charter executiva em geral. Para isso a HLK adquiriu um avião - o D-AHLK - que foi integrado na frota da TUIfly para ser operado e mantido por esta.
Quando, em épocas de menor procura, não estivesse a voar para a HLK, o Lima-Kilo poderia ser utilizado pela TUIfly nas suas rotas. Isto após alterar a sua configuração: em voos para a HLK o Lima-Kilo estava configurado para apenas 52 passageiros e estava certificado para ETOPS. O próprio registo ( escolhido por conter as letras H, L e K) já havia pertencido a um B734 da Hapag-Lloyd e foi repescado para este 738 que recebeu a pintura laranja e branca da HLK e foi baptizado com o nome Albert Ballin (um famoso armador alemão de finais do séc XIX e que esteve ligado às antecessoras históricas da Hapag-Lloyd). Foi, aliás, o único avião da TUIfly a ter um nome; no Lima-Kilo o nome estava aposto ao lado direito da porta 1L.
Em Novembro de 2010 o D-AHLK foi, em leasing, para a Sunwings do Canadá onde recebeu o registo C-FTLK. Regressou à TUIfly em Maio deste ano,sempre com as cores originais.
Entretanto, já em 2008, a companhia aérea alemã resolveu preparar outro avião que pudesse substituir, caso fosse necessário, o Lima-Kilo ou até reforçar a operação em situações de maior procura. O escolhido foi o D-ATUF que, assim, ganhou uma pintura identica à do seu colega de frota mais novo, bem como a possibilidade de poder ser convertido à mesma configuração VIP. De Novembro de 2010 a Maio de 2011 o Uniform-Foxtrot assegurou o serviço da HLK, pese embora neste momento esteja prestes a entrar em serviço um novo avião para essa função - um Airbus A-319CJ.
Durante o período em que ambos os B738s operaram nestes moldes, o que aconteceu, aparentemente, é que o tal termo Kreuzfahrten por baixo do HAPAG-LLOYD na fuselagem dois aviões ia aparecendo e desaparecendo consoante as aeronaves estivessem operando ou não para a HLK. Quando não...ficavam assim, com pinta de retros...
Ou não fossem os alemães gente com sentido prático apurado!
B737-8K5/W, D-AHLK e B737-8K5/W, D-ATUF, TUIfly:

2 comentários:

Rui Sousa, Madeira Spotters disse...

Ena!
Andaste a fazer os trabalhos de casa...

BERMAXO disse...

Muy buenas tomas saludos